Ir para o conteúdo

Prefeitura de Araçariguama - SP e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Prefeitura de Araçariguama - SP
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
JUL
18
18 JUL 2019
SAÚDE
Araçariguama inova com solução para o combate ao mosquito da Dengue, Zika, Chicungunha e Febre Amarela
enviar para um amigo
receba notícias

Na tarde desta quinta-feira (18) a prefeita Lili Aymar autorizou a compra de larvicida biológico à base de BTI (bactéria natural), para serem utilizados no combate as larvas do Aedes Aegypti, o causador da Dengue, Zika e Chicungunha e Febre Amarela.

O composto químico é uma bactéria natural, que mata centenas de larvas em poucas horas e seu efeito dura por 60 dias. Em forma de tablete, basta colocar ½ em locais com até 5L de água, e 1 tablete para recipientes com até 50L.

Seu diferencial é matar as larvas de maneira eficaz, evitando a proliferação tanto da Dengue, como da Zika, Chicungunha e Febre amarela.

“Precisamos estar sempre atentos as soluções inovadoras no combate ao mosquito da dengue e de outras doenças, de maneira a evitar o contagio no nossa população” – prefeita Lili Aymar.

Aedes aegypti, conhecido como mosquito da dengue, é o transmissor de mais de 20 doenças, e no Brasil é o responsável por transmitir dengue, zika, chikungunya e febre amarela. Só na última década, mais de 10 milhões de brasileiros contraíram ao menos uma dessas doenças, que além de deixar sequelas, matam com significativa frequência.

Saiba mais sobre o BTI -  Bacillus thurigiensis israelensis,

O BTI é uma bactéria natural. Pesquisadores da Fiocruz encontraram o BTI usado no larvicida, na Amazônia, e testaram sua ação no controle das larvas do Aedes aegypti. O grande benefício de se usar o BTI é não interferir no meio ambiente, pois o BTI não gera resistência no inseto, não afeta outras populações de insetos que são importantes para a natureza (como abelhas e joaninhas) e não afeta a saúde humana.

 

 

Foto / Imagem – Guilherme Rocha(SECOM)

Fonte: PMA
Seta
Versão do Sistema: 3.2.8 - 16/11/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia